Image is not available
Slider

Qualidade Do Ensino Superior E O Desenvolvimento Do Instituto Nacional De Investigação

 Inscrições encerradas
 
100
Categoria
Fórum Nacional de Educação - 9 Novembro
Data
sexta, 10 de novembro de 2017 08:00 - 12:00
Local
Jean Piaget
Número de lugares
100
Lugares disponíveis
Não existem bilhetes disponíveis para esta data
Telefone
262 00 00
Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O acesso ao ensino superior é extremamente desigual, de acordo com diferentes contextos socioeconómicos. O Programa de Governo 2016-2021, prevê a Educação Superior como um eixo estratégico para o desenvolvimento do Estado, fazendo com que este possa se tornar competitivo com universidades públicas de alta qualidade. Opções inovadoras para financiar estudos, a diversificação de mecanismos de execução e fomento à pesquisa em universidades irão aumentar o acesso e a relevância do nível de educação.

 

SESSÕES EM GRUPO ( Inscrição para as Sessões do Dia 10 )

3.1 Opções alternativas para o financiamento de Formação superior

O acesso ao ensino superior é desigualmente proporcionado a estudantes de diferentes contextos socioeconómicos. De acordo com a análise do Sector, 60% das Instituições de Ensino Superior são privadas, no entanto em termos de população estudantil, universidade publica tem absorvida a maior parte dos alunos que frequentam o estudo superior em Cabo Verde. As famílias contribuem com 60% dos custos no financiamento dos estudos universitário. Há uma necessidade de encontrar opções e mecanismos para financiar os estudos para estudantes de famílias de baixa rendimento económico, bem como reforçar a controlar a gestão dos recursos financeiros nas instituições de Ensino Superior.

 

3.2 Qualidade e Relevância do ensino superior

A oferta de ensino superior é de acesso limitado, com uma baixa diversificação no domínio das ciências. É necessário diversificar as opções de oferta de ensino superior apoiadas pelos seguintes recursos: tecnologia, educação á distância e promoção da ciência aberta, para atender às necessidades das diversas populações e do mercado de trabalho.

 

3.3. Ensino Técnico e Profissional


No ano letivo 2014/2015, o número de efetivos no ensino técnico e profissional representava apenas 3,6 do total de matrículas do 9º ao 12º ano de escolaridade. É necessário desenvolver uma estratégia para tornar o Ensino Técnico e Profissional (ETP) mais atrativo para os estudantes e criar mecanismos para os trânsitos transversais entre educação geral, ETP e ensino superior. Sendo assim, haverá necessidade de aumentar a abrangência do ensino técnico- profissional para valores muitos superiores aos atualmente registados, revitalizar e expandir programas de formação técnica e profissional em articulação com as empresas, associações empresariais e autárquicas.

Expansão do ensino técnico e da formação profissional

  • Promoção de um quadro de garantida da qualidade do ensino secundário técnico.
  • Reforço da oferta de serviços de formação, que deverá ser mais diversificada a nível das profissões e concertada com os setores produtivos.
  • Implementação de medidas para informar com regularidade os jovens sobre as ofertas de formações profissionais, tendo como referência o acesso ao emprego.

PROGRAMA DETALHADO

1.Sessão Plenária:

  • Desenvolvimento de Politicas e oportunidades de aprendizagem de qualidade
  • Valorização do Ensino Técnico-profissional

2. Discussões em Painel:

  • Apresentação do Plano Estratégico Educativo
  • Medidas estratégica do Ensino Superior e do ensino Técnico Profissional
    I. Diversificação das opções de ofertas de ensino superior
    II. Promoção de ciências e investigação
    III. Valorização do Ensino Técnico-profissional

3. Sessões de Grupos(Sessões simultâneo):

  1. Opções alternativas para o financiamento de formação superior
  2. Qualidade e Relevância do ensino superior
  3. Valorização do Ensino Técnico e Profissional

 

 
 

Todas as datas

  • sexta, 10 de novembro de 2017 08:00 - 12:00

Inscrição

Não existem eventos programados!
Programação
Image is not available

O Programa de Governo 2016-2021 prevê a universalização do pré-escolar (4-5 anos) e a implementação de um sistema de ensino obrigatório de 8 anos. Alargar o acesso ao ensino pré-escolar para todos os alunos,...

Image is not available

As dificuldades na transmissão, aquisição e avaliação de conhecimentos e competências nos diferentes níveis de ensino têm condicionado a qualidade do sistema educativo. A melhoria da performance do sistema educativo...

Image is not available

O acesso ao ensino superior é extremamente desigual, de acordo com diferentes contextos socioeconómicos. O Programa de Governo 2016- ...

Slider

Parceiros

Slider

 

 

 


Palácio do Governo , CP nº 111, Várzea, Praia    (+238) 261 02 10    info@fne.cv

Acompanhe-nos nas redes sociais

Please publish modules in offcanvas position.